quinta-feira, 18 de setembro de 2014

PRÓXIMO DOMINGO FORMAÇÃO PARA MINISTROS DA SAGRADA COMUNHÃO...



No Próximo domingo dia 21/09 estará acontecendo na Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Congonhinhas, mais uma formação para MINISTROS DA SAGRADA COMUNHÃO.
  
1.º | Natureza do ministério
1. Os ministros extraordinários da comunhão exercem o seu ministério enquanto:
a) cristãos que, pelo seu batismo e confirmação, participam no sacerdócio comum dos fiéis que os capacita para participar no culto da Igreja;
b) membros da comunidade eclesial mandatados pelo Bispo diocesano para exercer um serviço específico nas celebrações litúrgicas da Igreja.
2. Trata-se de um ministério de caráter “extraordinário”, que só será exercido quando for necessário, por impedimento, ausência ou insuficiência dos ministros ordinários.

2.º | Concessão da faculdade
1. A faculdade de conferir a pessoas idóneas a missão de ministro extraordinário da comunhão compete apenas ao Bispo da Diocese, que delega esta faculdade no Diretor do Departamento de Liturgia.
2. Só é concedida a nomeação de ministros extraordinários da comunhão nos casos de real necessidade pastoral:
a) quando faltarem os ministros ordinários deste sacramento (bispos, presbíteros ou diáconos);
b) quando os mesmos se acharem impedidos de distribuírem a sagrada comunhão, por motivo de outras ocupações do ministério pastoral, por doença, ou por idade avançada;
c) quando o número dos fiéis que desejam receber a sagrada comunhão seja tão grande que obrigaria a prolongar excessivamente o tempo da celebração da Missa, ou a própria distribuição da comunhão fora da Missa.
3. A missão do ministro extraordinário da comunhão não é permanente, mas resulta de um mandato pelos períodos de tempo previstos nestas normas.
4. Os ministros extraordinários da comunhão nomeados por outras dioceses só podem exercer legitimamente o ministério nesta Diocese em situações pontuais e sempre com autorização expressa do responsável da comunidade local. Para desempenharem de forma estável e regular este serviço necessitam de se submeter ao processo de apresentação e nomeação previsto nestas normativas.

3.º | Pedido de nomeação
1. O pedido de nomeação de ministros extraordinários da comunhão deve ser dirigido ao Bispo diocesano, e enviado ao Departamento de Liturgia, indicando as razões pastorais que justificam o pedido e apresentando cada um dos candidatos individualmente.
2. Os candidatos são apresentados:
a) pelo pároco ou responsável da unidade pastoral (capelão hospitalar, capelão militar, reitor de santuário,...), onde exercerão o ministério;
b) pelo(a) superior(a) da comunidade religiosa à qual pertençam e para serviço interno desta.
3. Se o candidato pertencer a um instituto religioso ou sociedade de vida apostólica e for apresentado por um pároco, ou equiparado, carece de autorização do respetivo superior.
4. O candidato que resida numa paróquia diferente da comunidade em que exercerá o ministério carece do parecer do pároco da paróquia de residência.
5. Na apresentação dos candidatos deve ser indicado: nome completo, data de nascimento, estado civil, profissão, endereço, contactos telefónicos, habilitações escolares, breve apresentação do perfil e atividade eclesial do candidato.
                 
4.º | Perfil dos candidatos
1. O candidato a ministro extraordinário da comunhão deve satisfazer os seguintes requisitos:
a) reconhecida idoneidade cristã, fé esclarecida, adequada preparação doutrinal, comunhão eclesial e vida cristã íntegra;
b) ter recebido os três sacramentos da iniciação cristã;
c) ter recebido o sacramento do matrimónio, se viver em união conjugal;
d) fé na presença sacramental do Senhor, sólida piedade eucarística e comunhão frequente;
e) compromisso na vida pastoral da comunidade que vão servir;
f) maturidade humana, honestidade reconhecida e comportamento equilibrado;
g) nível cultural adequado à comunidade que vão servir;
h) boa aceitação pela comunidade a que se destinam;
i) ter completado os 25 anos e não ultrapassar os 70 anos de idade.
2. A pessoa que deixar de ter alguma das condições indicadas nas alíneas a) a h) deve deixar de exercer o serviço de ministro extraordinário da comunhão.

5.º | Nomeação e renovação do mandato
1. Será nomeado ministro extraordinário quem, cumprindo os requisitos indicados nos números 3º e 4º, obtiver despacho favorável do Diretor do Departamento de Liturgia, depois de frequentar as ações de formação por ele indicadas.
2. A primeira nomeação é assinada pelo Bispo diocesano, sob proposta do Diretor do Departamento de Liturgia, e é válida para o período de três anos.
3. Os mandatos podem ser renovados por mais três anos, a pedido dos responsáveis indicados no nº 3º, se forem válidas as razões pastorais para pedir este ministério e se as condições pessoais indicadas no nº 4º se mantiverem. A renovação é concedida pelo Diretor do Departamento de Liturgia, por delegação do Bispo diocesano.
4. O mandato será renovado apenas a quem participa regularmente nas ações de formação indicadas pelo Departamento de Liturgia.
5. Não será renovado o mandato a quem tiver completado 70 anos de idade, a não ser que o responsável indicado no nº 2 do artigo 3º considere que o serviço da pessoa em causa seja imprescindível para a comunidade, justificando o motivo no pedido de renovação.

6.º | Exercício do ministério
1. Os fiéis que receberam a nomeação para exercerem o serviço de ministros extraordinários da comunhão só podem começar a exercer esse ministério após receberem o mandato segundo o rito previsto para o efeito.[4]
2. Os ministros extraordinários da comunhão exercem este ministério sob a responsabilidade do sacerdote responsável da comunidade que tiver pedido a sua nomeação, no âmbito da sua paróquia ou comunidade; a não ser em caso de urgência, não levem a comunhão a doentes de outra paróquia ou comunidade, sem consentimento do respetivo responsável.
3. Os ministros extraordinários da comunhão esforçar-se-ão por desempenhar bem, com dignidade e nobreza, o seu ministério, quer no serviço à comunidade celebrante, quer aos doentes ou ausentes.
4. Quando for necessário, exercem o seu ministério nas seguintes situações:
a) distribuição da sagrada comunhão na Missa;
b) distribuição da sagrada comunhão aos doentes, em suas casas;
c) distribuição da sagrada comunhão fora da Missa, na igreja;
d) exposição do Santíssimo Sacramento para adoração, não lhes sendo permitido em ocasião alguma dar a bênção com o Santíssimo;
e) em caso excecional, animar a assembleia dominical na ausência de presbítero, tendo presente que o exercício regular deste ministério carece de expressa nomeação do Bispo diocesano e não se confunde com a nomeação para ministro extraordinário da comunhão.
5. Aos ministros extraordinários da comunhão, no exercício do seu ministério, não se exige nenhum traje especial, mas devem vestir com o decoro que convém à missão que desempenham.
6. É absolutamente proibido guardar em casa a santíssima Eucaristia.
7. Aos ministros extraordinários da comunhão nunca está permitido delegar noutra pessoa a distribuição da sagrada comunhão.

7.º | Formação
1. Os fiéis que desempenham o serviço de ministros extraordinários da comunhão devem cuidar da sua vida espiritual e empenhar-se na sua formação cristã, participando em exercícios espirituais e em atividades de reflexão teológica.
2. Os ministros extraordinários da comunhão devem participar nas ações de formação permanente propostas para eles pelo Departamento de Liturgia.

8.º | Promulgação
Estas normas entram imediatamente em vigor e substituem as anteriores normativas diocesanas.

EVANGELHO DE HOJE..

Evangelho(Lc 7,36-50)
 
O Senhor esteja convosco.
Ele está no meio de nós.
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 36um fariseu convidou Jesus para uma refeição em sua casa. Jesus entrou na casa do fariseu e pôs-se à mesa.
37Certa mulher, conhecida na cidade como pecadora, soube que Jesus estava à mesa, na casa do fariseu. Ela trouxe um frasco de alabastro com perfume, 38e, ficando por detrás, chorava aos pés de Jesus; com as lágrimas começou a banhar-lhe os pés, enxugava-os com os cabelos, cobria-os de beijos e os ungia com o perfume.
39Vendo isso, o fariseu que o havia convidado ficou pensando: “Se este homem fosse um profeta, saberia que 40tipo de mulher está tocando nele, pois é uma pecadora”.
Jesus disse então ao fariseu: “Simão, tenho uma coisa para te dizer”. Simão respondeu: “Fala, mestre”! 41“Certo credor tinha dois devedores; um lhe devia quinhentas moedas de prata, o outro cinquenta. 42Como não tivessem com que pagar, o homem perdoou os dois. Qual deles o amará mais?” 43Simão respondeu: “Acho que é aquele ao qual perdoou mais”. Jesus lhe disse: “Tu julgaste corretamente”.
44Então Jesus virou-se para a mulher e disse a Simão: “Estás vendo esta mulher? Quando entrei em tua casa, tu não me ofereceste água para lavar os pés; ela, porém, banhou meus pés com lágrimas e enxugou-os com os cabelos. 45Tu não me deste o beijo de saudação; ela, porém, desde que entrei, não parou de beijar meus pés. 46Tu não derramaste óleo na minha cabeça; ela, porém, ungiu meus pés com perfume. 47Por esta razão, eu te declaro: os muitos pecados que ela cometeu estão perdoados porque ela mostrou muito amor. Aquele a quem se perdoa pouco mostra pouco amor”. 48E Jesus disse à mulher: “Teus pecados estão perdoados”. 49Então, os convidados começaram a pensar: “Quem é este que até perdoa pecados?” 50Mas Jesus disse à mulher: “Tua fé te salvou. Vai em paz”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

ACIDENTE ENTRE MOTO E CAMINHÃO MATA POLICIAL NA REGIÃO DE LONDRINA...



Um policial militar aposentado morreu em grave acidente registrado por volta das 14h30 desta quarta-feira (17) no km 6 do Contorno Norte de Ibiporã (região metropolitana de Londrina). A estrada liga os municípios de Londrina, Ibiporã e Jataizinho.
De acordo com informações preliminares da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o motociclista teria sofrido uma queda após bater contra o rodado de um caminhão. O homem, identificado como Nivaldo Lopes dos Santos, de 57 anos, morreu na hora.
Conforme a rádio Paiquerê AM, o homem foi atropelado pelo caminhão após sofrer a queda.
Ainda segundo a PRE, o policial morava em Jataizinho. Equipes da concessionária Econorte chegaram a ser acionadas para atender a ocorrência, mas, quando chegaram ao local do acidente, o homem já havia morrido.

 informações e texto do bonde.com.br

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

GOLPISTA TENTA VENDER A REDE GLOBO COM DOCUMENTOS FALSOS...

Um golpista tentou vender a Rede Globo para um grupo internacional. Os documentos eram falsos e ele foi preso. Segundo informações da polícia portuguesa, local onde o golpista tentou vender a Globo, ele teria dito que era o dono da TV e que estava vendendo a mesma por 500 milhões de dólares, e justificou dizendo que precisava do dinheiro para confeccionar um robozinho que viajaria para Saturno para procurar vida extraterrestre.


O valor da venda, inferior ao valor real do patrimônio, chamou a atenção das autoridades e o golpista acabou sendo preso. Na delegacia ele confirmou que queria o dinheiro para confeccionar o robô e que inicialmente pensou em vender o SBT, mas a dificuldade de ter de imitar o Silvio Santos poderia gerar desconfiança por parte do comprador, sendo assim, ele optou por vender a Globo mesmo.

Fonte G 17 

EM CONGONHINHAS GAROTINHA SOBE PRESBITÉRIO DA IGREJA E GANHA BEIJO DO PADRE...



Em Congonhinhas durante a celebração da missa da EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ, a garotinha Ana Elisa Felix Moreira, Filha do casal Marcos Moreira e Rosângela Félix Moreira, subiu o presbitério, foi até o Padre Wellerson  e  ganhou um ósculo santo ( Beijo Santo), no momento do acontecido lembrou muito bem o que disse Jesus “ Vinde A mim as criancinhas que delas é o Reino de Deus”.

ESCOLA ANAZARET NUNES FERRAZ DE CONGONHINHAS FICA ENTRE AS MELHORES EM NOTA DO IDEB NO NORTE DO PARANÁ..





A Escola Municipal Anazareth Nunes Ferraz não só tirou o melhor IDEB de Congonhinhas, mas também ficou entre as melhores notas do norte paranaense. O IDEB da Escola Municipal Anazareth foi de 6.0, e já o da Escola M. João Canedo foi de 4.4, entre as escolas municipais da região norte do Paraná, o IDEB da Anazareth fica entre os 10 melhores da AMUNOP (Associação dos Municípios do Norte doParaná). A AMUNOP é formada por 20 municípios e tem mais de 50 escolas municipais.



Confira aqui as Escolas Municipais que obtiveram as maiores notas no IDEB:



1º Escola Municipal Luiz Valério/Sertaneja - 8.1



2º Escola Municipal Antônio Stellato/Sertaneja - 7.4



3º Escola Municipal Profª Eunice Gomes/Cornélio Procópio - 6.6



4º Escola Municipal Edgard Galafassi/Cornélio Procópio - 6.2



5º Escola Municipal Profº Alice Diniz/Cornélio Procópio - 6.0



6º Escola Municipal Anazareth Nunes Ferraz/Congonhinhas - 6.0

Texto National Notícias.